Tudo sobre a gravidez
Segunda-feira, 6 de Maio de 2013

Como e porquê fortalecer o nosso corpo para a gravidez

Enquanto tentamos engravidar, devemos fortalecer o nosso corpo, não só por dentro através de uma dieta saudável, mas também por fora, através do exercício físico.

Enquanto tentamos engravidar focamo-nos apenas e só no nosso umbigo, ou seja, estamos sempre atentas ao que se passa na nossa barriguinha. Mas há muito mais com que nos preocuparmos, como por exemplo, os músculos pélvicos.

Os músculos pélvicos estão localizados na zona entre as pernas, a partir do osso púbico na frente até à base da espinha nas costas. Eles ajudam a sustentar a bexiga, o útero e os intestinos, e a controlar os músculos que fecham o ânus, a vagina e a uretra. Quando estão fracos ou afectados de alguma forma, como consequência do parto, por exemplo, eles não fazem o seu trabalho de forma eficiente, chegando a causar incontinência urinária, redução no prazer sexual e prolapso ("queda" ou saída do lugar de algum órgão). Quem sofre da chamada incontinência de esforço pode deixar escapar um pouco de xixi ao tossir, ao rir ou a fazer exercícios.

Estes exercícios fortalecem os músculos para que eles voltem a funcionar bem. Quanto mais trabalhados, mais fortes eles ficarão.
Aliás, músculos pélvicos fortes dão melhor apoio ao peso extra da gravidez, ajudam na segunda fase do trabalho de parto e, ao aumentar a circulação, ajudam à recuperação do períneo (área entre a vagina e o ânus) após o nascimento do bebé de parto natural. Quando feitos regularmente, esses exercícios ajudam a prevenir a incontinência urinária e o prolapso. Outro benefício é que, quando os músculos pélvicos estão fortalecidos, há maior probabilidade de se ter uma vida sexual mais satisfatória.

E como descobrir quais são esses músculos?

Imaginemos que estamos, simultaneamente, a tentar impedir um pum e o chichi (depois de já ter começado). Pode parecer fácil, mas para funcionar, temos de fazer os exercícios sem:

• encolher a barriga
• apertar as pernas uma contra a outra
• enrijecer o rabo
• prender a respiração
Ou seja, apenas os músculos pélvicos devem ser trabalhados. Pode ser difícil exercitar os músculos pélvicos (também denominados exercícios Kegek) isoladamente., mas com a prática, vai sendo mais fácil. Podem ser exercitados de pé, sentada ou deitada, enquanto trabalhamos ou fazemos as nossas tarefas diárias:

• Contrair os músculos do ânus e da vagina como se estivéssemos a evitar ir à casa de banho

• Contrair e relaxar os músculos três vezes.
• Mantê-los contraídos e continuar a respirar!
• Relaxar.
• Ao voltar à posição normal, empurrar os músculos para fora (este último movimento poderá ajudar-nos a fazer a força necessária na hora do parto e evitar lacerações). A seguir, contrair os músculos pélvicos novamente..
• Repitir os exercícios várias vezes ao dia.

À medida que os músculos forem ficando mais fortes, a contracção pode ser mantida por mais tempo e a quantidade de repetições pode ser maior. Após algumas semanas, já será possível notar a diferença, mas, para que os músculos tenham força total, teremos que exercitá-los regularmente durante meses. Devemos tentar fazer 50 por dia aumentar ao longo de algumas semanas, até chegar aos 120 diários. Para ver mos como andam os nossos músculos, devemos tentar interromper o fluxo do chichi a meio (mas não fazer isso no primeiro chichi do dia).

Uma fortalecidos, é importante manter os exercícios pelo menos  duas a três vezes por dia pelo resto das nossas vidas.

 

Para além dos exercícios há truques que podem ajudar:

•usar os músculos pélvicos quando tivermos receio de que o chichi poderá escapar -- antes de levantar algum peso ou de tossir. Gradualmente, o nosso controle vai aumentar.
•não fazer abdominais com as pernas completamente estendidas e não levantar as duas pernas ao mesmo tempo neste tipo de exercício,  porque faz uma forte pressão nos músculos pélvicos e nas costas.
•beber líquidos quando estivermos com sede e não ir à casa de banho "por ir"; fazer chichi só quando sentirmos a bexiga cheia.
•atenção ao peso, porque quilos a mais sobrecarregam os músculos pélvicos.

 

A musculação é um bom exercício para reforçar todos os músculos abdominais e lombares, caminhadas, hidroginástica e pilates.

publicado por xana às 00:01
Link | comentar | favorito
|

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog