Tudo sobre a gravidez
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

2.ª Gravidez|Consciencialização

[Mês 1]

Apesar de, segundo as minhas contas, o período aparecer na primeira semana de Julho, já sei que este mês já passou e nada aconteceu.

Sei-o, porque da primeira vez senti os sintomas quase imediatamente e agora nada sinto. Apenas sinto o que a minha mente quer que eu sinta, e isso não é válido. Rejeito qualquer sintoma psicológico infantil!

Prometi a mim mesma não fazer nenhum teste de gravidez, sem antes haver um atraso de pelo menos uma semana. Não quero transformar-me numa louca já tão cedo! Posso permitir que a loucura me tome mais tarde...

Acima de tudo tenho medo que, ao ficar grávida, tudo se repita. Abortar novamente seria um rude golpe, mas tenho de estar preparada para tudo!

Neste momento encontro-me numa fase de consciencialização de que, se engravidar, não posso dar largas à minha alegria. Tenho de encarar uma possível gravidez friamente, porque tudo poderá deixar de existir em poucas semanas.

Se as coisas tiverem que correr mal, poderá acontecer com poucas ou muitas semanas de gestação. Aliás, li o testemunho de uma pessoa que engravidou e que abortou ao 5.º mês de gestação! É chocante!

Durante a gravidez e para toda a vida uma mãe nunca mais terá sossego: estará sempre preocupada com o bem-estar do seu filho. Foi isso que aprendi com toda a má experiência da minha primeira tentativa. Aprende-se sempre algo com as nossas experiências, sejam elas boas ou más.

Foi isso que senti ao ler dezenas de testemunhos de mulheres que sofrem em silêncio com a sua infertilidade ou com a perda dos seus fututros filhos.

Revejo-me na força de todas essas mulheres que não perdem tempo a lamentar-se e que continuam a sua luta até à exaustão.

Tenho este blog, de forma anónima (ainda não estou preparada para o partilhar com amigos e familiares) para me lembrar que, para além de tudo isto, existo como pessoa e como mulher e que tudo isto é apenas uma parte (importante, claro!) de toda uma vida que é a minha.

Não me posso aniquilar, mas posso lutar pela felicidade a que todas as mulheres deveriam ter direito: serem mães!

publicado por xana às 07:35
Link | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Julia e Raphael a 27 de Junho de 2007 às 14:08
E tenho certeza que alcançarás o objetivo. Vou incluir o seu nome em minhas orações.
Beijos.

Comentar post

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog