Tudo sobre a gravidez
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

2.ª Gravidez:Semana 39

pregnancy cartoon 

Desenvolvimento Fetal:

Dar à luz amanhã ou na próxima semana, é igual para o teu bébé que está agora preparadíssimo para enfrentar o mundo fora do teu ventre. Por falar em ventres, o teu corpo está a acelerar para o grande momento e tu estás mentalmente preparada. O teu bébé está bem abastecido de gordura, todos os seus órgãos tiveram os retoques finais. Esperemos que ele já esteja na posição de nascimento e basicamente esteja à espera por esse momento quando todos os sistemas sincronizam no teu corpo para despoletar o parto.

 [Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

 

Sintomas:

Sabemos que estás ansiosa pelo grande momento, mas paremos por um minuto e falemos sobre o que é preciso para se chegar ao ponto em que estás prestes a ter teu pequeno milagre nos braços. Estás mentalmente preparada para embarcar nas aventuras do parto? Revê todos os teus preparativos se vais dar à luz no hospital. Não te esqueças que terás de ter sinais físicos de que estás em trabalho de parto: 1) poderás perder o rolhão mucoso; 2) poderá rebentar as águas; 3) e finalmente, antes das contracções começarem, é normal verificares nas tuas cuequinhas algumas manchas acastanhadas.

E os pequenos detalhes? Já tens a cadeira para transportar o bébé no automóvel? As suas primeiras roupas já estão na mala? Onde está a lista de familiares e amigos a quem terás de ligar a dar as felizes notícias? Não te esqueças da máquina fotográfica!!! Se vais dar à luz no hospital, não te esqueças de levar meias, porque eles diminuem a temperatura do ar condicionado. Já delineaste um plano de parto com o teu médico? É melhor esclarecer todas as tuas preferências antes do parto, porque logo que estejas em trabalho de parto, não vais conseguir falar.

 

 [Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

 

Blog da Jornalista Sarcástica: "Puxa um bocadinho daqui e voilá: bébé instantâneo"

«Como aquelas histórias antigas de verificar o sexo do bébé, também há histórias de como iniciar o parto. Se já chegaste às 39 semanas e ainda não tiveste o bébé, prepara-te porque vais começar a ouvi-las.

Por alguma razão, o pensamento de um nascimento iminente fazem as mulheres pensar que têm o direito de te dizer o que fazer para induzir o parto. Nem sei dizer quantas vezes alguém me telefonou, insistindo que a tia bebeu óleo de castor antes de entrar em trabalho de parto.

Por isso, que fique bem claro... querem que me ponha a correr?

Depois há aquela história da 'estimulação do mamilo'. Tinha uma amiga que utilizou a bomba de amamentação uma noite e entrou em trabalho de parto poucas horas depois. Por isso, quando chegou a altura de ter o meu primeiro filho, fiz o mesmo. Coloquei a bomba no peito. Nada aconteceu. Queria chorar. Provavelmente chorei. Tinha medo de ter um bébé, mas também estava tão farta de estar grávida que faria tudo para entrar em trabalho de parto. Mas quando comecei a tentar fazer tudo para isso, nada funcionou.

Uma mulher que conheci perguntou-me se tinha tentado o sexo. Quando é que é aceitável conhecer alguém e dizer 'Então, saltaste para cima do teu marido recentemente?'

NÃO.

Olhei para ela e revirei os olhos, dizendo que o acto carnal teria de esperar até este ser vivo ter saído do meu corpo. Não sei como é com vocês, mas fazê-lo não é muito divertido quando a cabeça de uma pessoa está firmemente encravada na tua pélvis.»

 

 

 

[Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

  


As minhas impressões...

 

 

[02-04-2008] - 39 semanas

E cá estão elas: as 39 semanas. Sinceramente pensei que nunca chegaria a estas semanas. Que provavelmente às 38 já estava despachada. Mas tenho de ser realista: o meu ciclo menstrual é tão longo que era previsível que também a gravidez chegasse até aqui. Aliás, por causa disso mesmo, a minha médica prevê o dia 16 de Abril como a data mais provável do parto.

Não sei como é que há pessoas que têm bébés antes do tempo! Andam aos pulos, caminham muito, andam stressadas, o que farão elas que eu não estou a fazer?

Continuo a levar uma vida bastante descontraída de casa-trabalho e trabalho-casa. Ainda bem que não estou de baixa (depois de insistir muito com a médica!) porque em casa, com tempo livre para pensar, já estava stressada. Assim, no trabalho não tenho tempo para pensar e o tempo passa mais depressa.

[03-04-2008] - Soluços

Um dia sinto uns movimentos estranhos e compassados na barriga. Eram uns movimentos diferentes de quando o bébé se mexia e vim a descobrir que eram soluços!

Tão giro!

Bem, agora estou naquela fase da paragem do autocarro: espero, espero, espero e o autocarro nunca mais aparece. Toda a gente me pergunta ' Quando é que vem o autocarro?' e eu nunca sei o que dizer.

Já sabem: se os post's semanais deixarem de ser feitos é porque o autocarro apareceu e eu não tive tempo de avisar. Mas sinto que tudo está num relax total.

[07-04-2008] - Indução do parto

Tenho uma amiga minha que também está grávida, mas como vai ter o parto num hospital particular vão induzir-lhe o parto sem qualquer razão médica. Apenas por uma questão de agenda do obstetra. Como ela tem menos semanas que eu, vai ter o bébé primeiro! Incrível!

Ela já vai ter o filho nos braços, enquanto eu ainda vou andar por aqui à espera que as 41 semanas cheguem! Por um lado tenho uma certa inveja, tenho de confessar, por outro prefiro esperar que a natureza dê um qualquer sinal. O meu medo é que o bébé continue a aumentar de tamanho de tal maneira que dificulte a expulsão, ou seja, basicamente vou ter de estar ali a fazer a dilatação, para depois no fim me fazerem uma cesariana?

Nem quero pensar muito nisso...

Agora estou numa fase em que a proximidade do parto (induzido ou não) me convenceu mais de que estou mais perto de ter finalmente o bébé nos braços. Também estou mais assustada, porque terei de aprender mais coisas e lidar com o mundo desconhecido de um bébé: a amamentação, as cólicas, o que fazer e o que não fazer...

publicado por xana às 09:16
Link | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Hugo Jorge a 2 de Abril de 2008 às 10:01
Gostei deste post. Convido-o/a a fazer uma visita ao meu blog
De Anónimo a 7 de Abril de 2008 às 17:03
Olá!
Curiosidade!
Continuas a trabalhar??
De Tânia a 8 de Abril de 2008 às 16:15
O parto do meu filho também foi induzido. O pirata também nasceu com 41 semanas.
Por um lado, é melhor pois não há imprevistos nem correrias, estamos muito mais relaxadas e com a perfeita noção de todo o processo. Digo isto porque como também fez o curso, está preparada para todas as fases. Também foi positivo pois pude ter a epidural, sem restrições nem de tempo nem de assistência.

Os primeiros dias são de facto os mais engraçados. Hoje, passados 17 meses, é motivo de muita risota as aventuras do 1º banho, do pôr a arrotar, os soluços que não passam, os cocos, entre tantas peripécias.

Acredito piamente que é puro instinto o que nos guia e leva a entender "todas" as necessidades deles.

Só queria partilhar esta frase:
"No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe, não."

Comentar post

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog