Tudo sobre a gravidez
Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008

2.ª Gravidez:Semana 32

pregnancy cartoon

 Desenvolvimento Fetal:

Das últimas notícias do ventre, o teu bébé já desenvolveu a sensibilidade à temperatura! Isto significa que receberás um pontapé se colocares algo quente na tua barriga.

Para os fans de Elton John, sim o bébé tem olhos azuis. Nesta altura, todos os bébés têm, apesar de depender da sua disposição genética, isso pode mudar após o nascimento (ou entre agora e o parto), mas para já, são azuis.

Graças à recente maturação dos seus pulmões e a um extraordinário sistema imunitário, mais de 90% dos bébés nascem na sua 32.ª semana, sobrevivendo a um parto prematuro. Mesmo que o teu bébé esteja a planear sair mais cedo, as suas possibilidades de sobrevivência estão a seu favor.

Tempo para celebrar numa festa do bébé!

 

Sintomas:

Se a tua família está por perto, é tempo de discutir o que vai acontecer quando efectivamente entrares em trabalho de parto. Claro, o parto em si pode ser uma experiência esmagadora para as pessoas que o presenciam pela primeira vez, por isso informa de que vai haver sangue, suor, muco e possivelmente um pouco de cócó (se já não o sabias, é provável que durante o parto ao fazeres força libertes um pouco de cócó - é completamente normal). Mesmo os companheiros com estômago fraco podem ajudar a tornar o processo do parto mais tolerável com ajuda na respiração, massagens e alguma força: "Eh! Essa foi uma grande contracção, querida!" (Agora fuja! Antes que ela lhe parta o pulso!). Para os de estômago forte os papéis de cameraman e 'cortador-oficial-do-cordão-umbilical' estão sempre disponíveis. Fale com o seu médico ou parteira com antecedência para que estejam preparados para que outra pessoa esteja presente durante o parto.

Surpresa! Os sintomas do 3.º trimestre ainda não irão desaparecer. Se acabaste de regressar de fazer chichi, já sabes que a tua bexiga está próxima da terra-de-ninguém. Estas alegrias irão persistir até ao dia do parto. Tem cuidado com a tensão baixa durantes estas últimas semanas. O teu sangue tem tendência a acumular-se nos membros inferiores, havendo uma baixa pressão craneana.

 

Blog da Jornalista Sarcástica: "De todos os nervos..."

«Há um subproduto no final da gravidez que muitas mulheres desconhecem: dor do nervo ciático.

O teu nervo ciático é um nervo enorme que vai desde o teu rabo até ao teu tornozelo. Se estás grávida e sentes uma pequena dor algures entre o teu rabo e ao longo da tua perna, parabéns, é o teu nervo ciático.

Por alguma razão que nunca irei compreender, decidi ir até à mega-store Ikea próximo do final da minha segunda gravidez. Estava gravidíssima, carregando um bébé-monstrinho na barriga e decidi procurar camas juntamente com o resto da cidade.

Na altura em que me vim embora do Ikea, não conseguia andar. Para encurtar uma longa história, não andava 'normalmente' até 3 semanas após o nascimento do bébé. Basicamente o bébé encontrava-se numa posição em que estava a pressionar o meu nervo ciático.

Tentei de tudo: frio, calor, esfregar, alongar, permanecer no lado oposto. Nada funcionou. Foi ao ponto de não conseguir andar até à casa de banho sem chorar.

O momento mais alto desta experiência foi quando fui à loja da Target comprar algumas coisas. Geralmente, ficava no carro com a minha dor ciática, mas estava aborrecida e decidi arriscar. Consegui fazer metade do caminho antes que acontecesse: não consegui dar mais um passo. Já estava com uma dor enorme, o que chamou a atenção. Acrescentando o facto de ter tido um grande coxear que parecia uma actuação circense.

Mulheres aproximavam-se para me dar as suas condolências. 'Quanto tempo falta?', perguntavam. Ficavam com um olhar de tristeza quando lhes dizia as semanas que faltavam. 'Pobrezinha', diziam, antes de se irem embora.

O meu marido veio finalmente em meu socorro e fez-me subir para cima do carrinho do supermercado, com a minha enorme barriga, representando a sua própria versão do Titanic 'I'm the king of the world!'.

Tenho a certeza que todos olhavam embasnacados.» 

[Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

  


As minhas impressões...

 

 

[13-02-2008] - Como o tempo passa...

O tempo tem passado rapidamente.

O trabalho encontra-se já numa fase mais calma e tenho tentado sair a horas decentes.

Esta semana tenho conseguido sair cedo, porque tenho sentido mais necessidade de descansar.

Todas as noites tenho sentido aquelas dores semelhantes às dores pré-menstruais, que a monitora do curso de preparação para o parto chama de contracções.

Sempre que me deito ou recosto no sofá as contracções atenuam-se.

Apercebo-me agora que qualquer stress ou cansaço passa automaticamente para a barriga, mesmo que não me sinta cansada.

 

[14-02-2008] - Ecografia das 32 semanas

É já no próximo dia 18/02/2008 a ecografia das 32 semanas.

Sempre que tenho que fazer uma ecografia fico muito ansiosa, aterrorizada!

Tenho sempre medo que me dêem alguma má notícia (isto são resquícios daquela ecografia que pôs fim à minha, digamos, 1.ª tentativa).

Fico de tal maneira aterrorizada que desato a chorar, mas até fica bem porque o médico pensa que sou mais uma grávida chorona.

Há tanta gente grávida que me diz que estão sempre ansiosas pelas ecografias para poderem ver o bébé, mas como tive aquela má experiência, fico aterrorizada.

[18-02-2008] - A ecografia das 32 semanas

Lá fui para a ecografia.

Resultados: está tudo bem. O bébé neste momento já pesa 2.200kg e encontra-se no percentil 80, um percentil um pouco elevado para as semanas que tenho.

Vamos ver se ele não engorda muito mais, senão estou tramada!

publicado por xana às 00:40
Link | comentar | favorito
|
6 comentários:
De T a 13 de Fevereiro de 2008 às 12:20
Olá!
Adorei o seu blog, deu-me imenso ânimo. Estou a pensar começar as tentativas de engravidar nos próximos meses, mas tenho imenso medo do que aí vem...Principalmente por causa das muitas horas de trabalho, que me deixam pouca disponibilidade para os assuntos pessoais. Queria perguntar se não sente dificuldades dessas, uma vez que já percebi que trabalha muito. Não teve sono excessivo durante estes meses de gravidez? Isso não interferiu no trabalho? Beijos e Boa sorte!
De xana a 13 de Fevereiro de 2008 às 15:17
Os sintomas variam muito de pessoa para pessoa. Fui sempre muito soneca e durante a gravidez senti ainda mais sono. Mas o que eu senti, pode não ser exactamente igual ao que vai sentir quando engravidar.
Cada mulher é uma mulher. Não se pode generalizar.
No trabalho estava bem acordada, porque os problemas nunca são demais e até me esquecia que tinha sono.
De Sofia a 16 de Fevereiro de 2008 às 18:37
Olá!
Também não gosto de ir fazer ecografias, apesar de não ter tido ainda uma má experiência. Saio de lá aliviada e feliz, mas os dias antes ando com os nervos em franja com medo que alguma coisa possa não estar bem.
Bjinhos e boa sorte para a eco.
De Silvia a 18 de Fevereiro de 2008 às 07:58
Depois de ler com atenção Blog da Jornalista Sarcástica: "De todos os nervos..." acho que é disso que tenho sofrido. Volta e meia sinto uma dor na perna direita que vai desde a nadega até ao joelho. Nem consigo andar nem nada! Só visto.
Tive que me rir com o que te aconteceu na loja (sem ofensa) porque a mim também já me aconteceram algumas cenas por causa da dor!
Espero é que a dor passe mais tarde ou mais cedo.
Beijinhos e as melhoras.
De T a 18 de Fevereiro de 2008 às 17:52
Que bom!
Agora tenho acompanhado todas as tuas novidades e fiquei feliz por saber que está tudo bem com o bebé! Já marquei consulta para o ginecologista, acho que vamos mesmo iniciar as nossas tentativas nos próximos tempos!
De Marta a 16 de Maio de 2008 às 13:25
Olá,
Chamo-me Marta, tenho 28 anos e adorei este bocadinho em que li muitas coisas semelhantes ao que sinto. Estou de 32 sem. + 5 dias e a novidade desta semana é um terrível cansaço, muito medo e ansiedade. Um certo bloqueio mental até pelo medo de q algo possa não correr bem a partir daqui. O bebé Alexandre já tem um mano, o João de 5 anos e ambos foram muito desejados. Tudo correu às mil maravilhas, sendo que desta gravidez tenho uma ordem de preocupações interiorizadas mais difíceis de desmoer do que do João. Enfim, já não penso em mais nada senão na gravidez, no parto, no aumento de peso do bebé... E tudo isto me esgota, literalmente. Ontém pela primeira vez, disse em casa: "Cheguei, vou-me deitar, não aguento mais, hj não faço nada..." Cheia de remorsos por não dar assistência ao João mas de facto só me apetecia dormir e foi o q fiz.
Tenho tanto para dizer mas por agora deixo só este comment e o meu MUITO OBRIGADA pelos textos construtivos que li.
Um grande beijjnhos para todas as mamãs!

Comentar post

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog