Tudo sobre a gravidez
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Semana 23

[Voltar ao índice My Baby...Gestação]

pregnancy cartoon 

Desenvolvimento Fetal:

Nesta altura já te adaptaste ao facto de ter um pequeno ginasta desntro de ti, mas agora o bébé vai reagir a sons do mundo exterior. Sons do teu despertador, de um trovão ou daquele carro a cair aos pedaços que te buzina no cruzamento, podem assustar os seus pequenos ouvidos ao ponto de dar um pontapé ou de dar um pulo de susto. Claro que isso também significa que os seus pequenos ouvidos ouvem os sons da tua voz e daqueles que te rodeiam. Por isso, podes cantar uma canção de embalar para o teu pequeno anjo. Se ele começar a dar pontapés é porque quer que pares ou talvez seja um pontapé de aprovação? Decide tu. As pequenas papilas gustativas do teu bébé continuam a crescer e os seus ossos continuam a ossificar, as suas pequenas veias são visíveis através da sua pele enrugada e translúcida.

Pensa assim: ele tem estado a nadar o equivalente a um longo banho nestas últimas 23 semanas, por isso não o podes culpar de estar enrugado como uma uva passa.

 

Sintomas:

Se ninguém te avisou das alegrias do desafio de dormir grávida, provavelmente já começaste a descobrir o quão difícil pode ser encontrar uma posição confortável para dormir.

As boas notícias são: algumas pessoas inventaram umas almofadas especificamente desenhadas para a mulher grávida reduzir o inchaço das pernas. Para isso não te sentes por longos períodos de tempo e mantém-te activa, a melhor forma de dormires bem durante a noite.

Há uma variedade de diferentes designs, mas inevitavelmente irás querer uma cinta para apoio da barriga, bem como uma almofada entre as tuas pernas e debaixo da barriga para aliviar o desconforto que deves estar a viver agora. Se preferires comprar (apesar de dispendiosa) uma almofada de grávida que existe no mercado à venda, guarda o recibo, porque algumas mulheres continuam a ter problemas em dormir, descobrindo que estavam melhor com a sua antiga almofada.

Como se não fosse suficiente, tens-te recordado de beber muitos líquidos?

Bastante água pode ajudar a reduzir o inchaço dos teus tornozelos e pés que acontece devido à pressão que o teu útero exerce nas tuas veias pélvicas, abrandando a circulação para a parte inferior do teu corpo. Manter os níveis de líquidos no teu corpo também é bom para o teu bébé, visto que a desidratação é frequentemente associada a um parto prematuro.

 

Blog da Jornalista Sarcástica: "O problema da almofada da gravidez"

«Para assombro do meu dermatologista, fui sempre uma dorminhoca-de-barriga-para-baixo. Antes de engravidar pela primeira vez, tinha que dormir exactamente na mesma posição todas as noites: sobre a minha barriga, com a cabeça virada para a direita, com os pés cruzados e as mãos enfiadas debaixo da almofada.

Apesar de estar preocupada no início da minha gravidez sobre o facto de dormir sobre a minha barriga, o instinto depressa venceu e continuei a dormir assim, dizendo para mim própria que tinha de aproveitar enquanto pudesse.

Então, a barriga começou a ficar maior e o bébé começou a dar pontapés. Tive umas noites difíceis ao tentar dormir de barriga para baixo, pensando no meu bébé que estava a dar pontapés para eu mudar de posição. Às vezes imaginava uma voz pequenina a gritar 'Ajudem-me!'

Uma vez que deixou de ser possível dormir sobre a minha barriga, comprei uma dessas caríssimas almofadas para grávidas, daquelas que são do tamanho da tua cama e parecem uma serpente? Sim, tive uma dessas.

Só que detestei. Não sabia muito bem como dormir com aquilo (não me lembro de ter lido nenhum manual 'Como dormir com a sua almofada, para tótós') e não conseguia baixá-la. Mãos para cima ou para baixo?

Finalmente, aquela coisa estúpida foi para o armário, juntamente com todas as outras coisas que pensei que ia precisar e nunca usei. Comecei a dormir com um número considerável de almofadas: uma para as costas, outra para a cabeça e outra entre as pernas. Se estivesse com vontade para o amor, podia abraçar uma.

O meu séquito de almofadas ocupavam grande parte da nossa cama, um facto que de certeza chateava secretamente o meu marido. Se a minha conquista da cama não era suficiente para o fazer zangar, o facto de um monte de almofadas terem mais 'acção' do que ele (graças à minha não-existente líbido) de certeza que o faziam.» 

[Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

 

As minhas impressões...

[14-12-2007] -  Mil desculpas!

Mil desculpas pela minha falta de tempo para escrever, mas com esta época natalícia tenho andado tão ocupada que até esqueço que eu própria existo!

Tive um exame de língua estrangeira, trabalho até às tantas porque tudo se estava a desmoronar à minha volta, tarefas domésticas em atraso e a compra de prendas que se transformou numa saga autêntica, num corre-corre desde Novembro para poupar alguns trocos e não comprar presentes muito caros.

Finalmente tudo se compôs e aqui estou eu mais uma vez.

Finalmente, após várias hesitações comprámos o carro. Porém, continuo a andar com o velhinho enquanto não é vendido. É que passámos tantas aventuras e tantos momentos naquele carro, que já faz parte da 'mobília' das minhas recordações.Esta mudança já me está a afectar a minha rotina mental.

Após a compra do carro dos papás, começámos outra saga interminável da procura do carro para o pequenote. Só sei que palavras mágicas como 'casamento' e 'bébés' faz despoletar os preços por ali acima! Qualquer 'treta' custa um balúrdio!

Mas sobre isso vou-me alongar num outro post 'mais 'completo'. Prometo!

Como já comecei a minha busca de coisas para o bébé, também encontrei coisas perfeitamente inúteis que até me deram vontade de rir! Mais uma vez para outro post! Adiante!

[Voltar ao índice My Baby...Gestação]

publicado por xana às 14:03
Link | comentar | favorito
|

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog