Tudo sobre a gravidez
Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

Semana 8

<

pregnancy cartoon Desenvolvimento Fetal:

Woohoo! Tens uma polegada de bébé dentro de ti! O teu pequeno embrião atingiu finalmente a marca de uma polegada (2.54cm). E se fosse possível dar uma espreitadela, poderias ver o teu pequeno bébé sem um telescópio! O teu bébé está finalmente a começar a ganhar alguns traços humanos distintos. Para começar, a sua pequena cauda (a espinhal medula) desapareceu completamente. É bom saber que o teu bébé não pode mais ser confundido com uma criatura marinha! Os seus dedos dos pés e das mãos estão proeminentes com pouca ou nenhuma barbatana. Os membros superiores e inferiores mostram articulações reconhecíveis (cotovelos e joelhos) e os ossos dos membros inferiores começam a ossificar. Mas não esperes que o teu bébé se pareça já com alguém. Agora, a cabeça do teu bébé é desproporcionalmente maior que o resto do seu corpo, tornando-a metade do seu peso e altura!

 

Sintomas:

O teu embrião pouco-maior-que -uma-cereja está também a começar a ter impacto físico em ti esta semana, e não só a nível hormonal. Já podes ter notado uma pequena protuberância, resultante da retenção de líquidos. A maioria das pessoas nem repara na subtil alteração da forma da tua barriga, mas visto que estás atenta a qualquer mudança no teu corpo, não te terá escapado. Boas notícias para as torturadas pelas hormonas: se tens estado mal-humorada ultimamente, isso pode vir a diminuir esta semana, à medida que a placenta começa a responsabilizar-se pela produção hormonal do teu bébé. Isto significa que o teu corpo brevemente poderá relaxar um pouco da sua produção extra de hormonas, à medida que a placenta começa a regular as hormonas do teu bébé, permitindo ao teu corpo concentrar-se na produção de níveis normais de hormonas para ti.

 

Blog da Jornalista Sarcástica: "Nós estamos a ********"

«Há uma cena no filme "O Pai da Noiva - Parte Dois" onde a filha, Annie, anuncia à sua família que está grávida. Há um grande fru-fru em que toda a gente salta de alegria pela notícia dada.

Tudo o que consegui pensar foi: "Ah, ah, ela fê-lo!"

Okay. Eu sei. Sou uma adulta e a maioria dos adultos "fazem-no" de tempos a tempos. Tratamentos de fertilidade à parte, "fazê-lo" é como a maioria das mulheres engravidam. Então, porquê a imaturidade?

Geralmente, a não ser que o anuncies a toda a gente, o que se passa no quarto, permanece no quarto. Mas basta anunciar a data do parto para todos perceberem o que estiveste a fazer há uns meses atrás!

Ou, no meu caso, bastou um "Estou grávida!" para a minha mãe e a minha sogra imaginarem o que estivemos a fazer no Disney World pelo nosso aniversário!

"Vou deixar de ir à tua casa", brincou a minha sogra. "Sempre que vos visito, anuncias a tua gravidez um mês depois."»

[Textos traduzidos e adaptados do site pregnancy.baby-gaga.com]

As minhas impressões...

Tenho de esquecer as minhas e as desgraças dos outros. Esta semana tenho andado bastante emjoada por tudo e por nada. Por vezes penso se não será invenção minha... Da outra vez não me senti tão enjoada. Pelo menos ainda não enjoei o meu perfume. Vá lá, vá lá...

Já só faltam sete dias para a minha primeira consulta, ou seja, é já para a semana. Lá vou eu outra vez, sentindo-me como se fosse chumbar o grande exame da minha vida.[31-08-2007]

Tenho sonhado muito e o meu sono não é muito regular. Tudo sintomas que não tive tão fortemente da outra vez. Sempre que vejo um bebé pergunto-lhe mentalmente se, do lugar de onde veio, não viu por lá ninguém que me estivesse destinado...

 

[05-09-2007]

Estou tão apreensiva com a consulta e a primeira ecografia que só me apetece chorar. Chorar muito!

Vejo tanta gente grávida, com uns barrigões enormes, e eu ando a choramingar pelos cantos, a rezar para que, pelo menos, consiga ouvir um bater de coração...

A tristeza assola-me. Sinto-a atravessada na alma, preparada já para ouvir o pior...

Ao mesmo tempo sinto uma pequenina réstia de optimismo de que, desta vez, tudo estará bem...

Rezo, choro por um bater de coração!

 

[Divagações]

Caso as coisas corram mal, vou começar a acreditar que não vou conseguir levar uma gravidez por diante. Porquê? Ninguém sabe responder. Basicamente não tenho dificuldades em engravidar, visto que no próprio mês em que tento, engravido. O grande problema é que o embrião implantado não se desenvolve. Geralmente deve-se a problemas cromossómicos no óvulo e/ou no espermatezóide. Pelo que li não há muito a fazer! Será que o meu futuro irá passar pela adopção?Enfim, sonhos que vão buscar ao meu inconsciente tudo o que lá está escondido. Esta minha cabeça não tem parado, constantemente em divagações, preocupações...

 

[30-08-2007]

Os enjoos continuam... e continuo a não acreditar que estou grávida! Pelo menos não tenho vontade de vomitar!

Nesta última semana tenho tido problemas em dormir. Adormeço muito tarde e tenho sempre sonhos que se transformam em pesadelos, sempre relacionados com a gravidez. Isso só demonstra a minha preocupação!

Sonho que estou no médico e que este me informa que tenho uma gravidez ectópica (um dos meus maiores receios inconscientes) ou que tenho que abortar novamente. Enquanto não tiver a minha primeira consulta vou andar assim... E depois vou continuar...

<

publicado por xana às 00:01
Link | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Carolina a 23 de Setembro de 2007 às 20:14
Olá Xana.
Casei há pouco menos de um mês e começámos a tentar engravidar. Estava em busca de informação que me pudesse ajudar e vim parar ao seu blog (que o devorei!).
À primeira não deu, estamos agora a entrar na segunda tentativa...
Quero desejar-lhe as maiores felicidades! Que esta segunda tentativa seja A Tentativa Definitiva!
Um beijinho e até breve!
De xana a 24 de Setembro de 2007 às 10:18
Espero que o meu blog a ajude a esclarecer algumas dúvidas, apesar de também eu ser uma novata nestas andanças.
Felicidades!
De Patrícia a 6 de Novembro de 2011 às 12:22
Apesar de 4 anos mais tarde...tudo aquilo que passou, pelo menos até esta fase, é precisamente o mesmo que estou a sentir. Passei por um aborto espontâneo em Maio. Todos os seus sentimentos, pensamentos, medos, dúvidas, divagações que sentiu são as mesmas que sinto neste momento.
Não é bom, mas de certa forma é confortante sabermos que existe algures no mundo alguem que nos compreende. Estou de seis semanas e aguardar a consulta com o ginecologista...mas tento pensar como pensava....é apenas "um pacote de células". Não quero fazer grandes expectativas e grandes planos...pois o medo que aconteça tudo novamente é mais forte!!!!

Comentar post

O renovado Babyblues

Após vários meses de inactividade o Babyblues foi reestruturado. Sei que muitas pessoas gostam do blog e não quis desistir dele, no entanto como faço o blog num regime de voluntariado, houve um período de tempo de pouca disponibilidade para o actualizar. Agora renasceu aqui: http://baby-blues.blogs.sapo.pt/

Torna-te fã!



Pesquisar

 

pessoas leram este blog